Sandy fala sobre sexo, porre e maturidade

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 30 de novembro de 2003 as 11:52, por: cdb

Sandy fez revelações surpreendentes em entrevista à repórter Sara Duarte, publicada na revista Isto É desta semana. A cantora, de 20 anos, que sempre foi vista como um bibelô de cristal decidiu revelar que não tem nada a ver com isso e confessou peripécias que poucos sabiam ou desconfiavam sobre ela.

O ponto alto da entrevista é sobre o cansativo papo de virgindade que todos insistem em associar à Sandy. Ela não disse se já transou, mas também não garantiu que continua virgem, pelo contrário, fez revelações veladas que definitivamente reafirmam sua transformação numa bela mulher.

A cantora disse que talvez seus pais sejam machistas e até ela mesma tenha esse pensamento, mas contou que não é “essa santinha que vive num mundo cor-de-rosa e prega a virgindade”.

– Nos últimos cinco anos tive quatro namorados e fiquei solteira por apenas seis meses. Posso dizer que tive várias oportunidades de fazer o que quis. Conheço os métodos anticoncepcionais e nunca fiz nenhuma loucura. Se eu transei e com quem é coisa que nem a minha mãe sabe. Esta é primeira e última vez que falo sobre isso. Cada um que pense o que quiser, disse Sandy à Isto É.

Ela também revelou que não se sente à vontade em levar um namorado para dormir em sua casa e que sente vergonha em convidá-lo para um motel, mesmo porque seus “seguranças teriam de ir junto”. Sandy afirma que tem oportunidade para “fazer” em outros lugares e escolhe se quer ou não.

Ainda durante a entrevista a cantora falou sobre um porre que tomou num réveillon quando bebeu sete doses de caipirinha, champanhe e vinho.

– Naquela noite, eu e minhas amigas viramos companheiras de vaso sanitário.

Mais madura, Sandy contou que agora sente mais vontade de sair e dançar a noite inteira e está começando a fazer essas coisas sem problemas. Afirmou que aprendeu a administrar sua vida.