Salários em atraso na MoveAveiro

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 6 de abril de 2012 as 08:36, por: cdb

Demora no pagamento dos salários aos trabalhadores da Empresa Municipal de Mobilidade MoveAveiro começa a ser recorrente, denuncia o Bloco de Esquerda, que acusa também a empresa de não dar condições de higiene aos motoristas.Artigo |6 Abril, 2012 – 15:30Atraso no pagamento de salários é recorrente. Foto de Gil Ismael Braga Monteiro

Segundo o Acordo de Empresa (AE), é obrigatório o pagamento dos salários, em regra, no dia 20 de cada mês. Contudo, este prazo tem sido constantemente desrespeitado, sendo que os salários de março ainda não foram pagos.

Como é facilmente compreensível, muitos dos trabalhadores têm compromissos a que têm de responder, em datas fixas, pelo que estes atrasos nos pagamentos podem ter impactos muito negativos nas suas vidas.

Os serviços competentes do Ministério da Economia e do Emprego já identificaram a situação de atraso recorrente no pagamento de salários, concretamente em resposta a uma pergunta apresentada pelo Bloco de Esquerda. Mas não parece ter existido qualquer alteração por parte da empresa, ao contrário do que seria de esperar.

Na mesma resposta ao Bloco de Esquerda, o Ministério da Economia e do Emprego informou que avisou a empresa relativamente “à violação das necessidades de higiene nas rendições dos motoristas”. Contudo, segundo informação recolhida pelo Bloco de Esquerda, não existiram quaisquer alterações nesta matéria, desrespeitando a empresa o compromisso que terá assumido.

“É notório que a administração da MoveAveiro, não só não cumpre os seus compromissos que estabeleceu com os trabalhadores, como é laxista, não dando condições de higiene aos motoristas”, diz em comunicado a distrital de Aveiro do Bloco.

O deputado Pedro Filipe Soares voltou a questionar o Ministério da Economia e do Emprego.

Artigos relacionados: Piquete na Moveaveiro Aveiro: trabalhadores da MoveAveiro iniciam greve parcial