Sai o resultado do laudo preliminar do caso Staheli

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 22 de dezembro de 2003 as 20:01, por: cdb

Foi divulgado nesta segunda-feira o resultado preliminar da análise do sangue encontrado no carro do motorista da família Staheli e na unha da mulher do executivo americano. Os técnicos da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) concluíram que havia material genético de duas pessoas no carro e embaixo da unha de Michelle Staheli.

A amostra de DNA encontrada na unha é de um homem ainda não identificado. Para o Ministério Público, a polícia tem que saber agora se o DNA é do assassino.

Nos próximos dias, será feita a comparação dos dois DNAs identificados com o DNA do motorista da família. Das 31 amostras enviadas pela polícia ao laboratório da Uerj, quatro já foram analisadas.

O casal Todd e Michelle Staheli foi agredido na casa onde morava na Barra da Tijuca. Todd morreu na hora e Michelle, dias depois. Vinte e três dias após o crime, a polícia ainda não sabe quem matou os americanos.