Saddam faz apelo desesperado no Iraque

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 6 de abril de 2003 as 20:46, por: cdb

Saddam Hussein fez um apelo desesperado, neste domingo, a todos os combatentes para se incorporarem imediatamente a qualquer força de resistência ao cerco que se aperta em redor de Bagdá.

A mensagem foi lida na rádio e televisão, quando os bombardeios aéreos começam a ser substituídas pela deflagração das peças da artilharia norte-americana na capital iraquiana.

Por volta das 22h ouviram-se enormes estrondos na cidade, depois de uma incursão aérea norte-americana e dos disparos dos morteiros.

“Os combatentes que não estejam incorporados à sua unidade devem fazê-lo o quanto antes na primeira com que se depararem”, dizia a mensagem de Saddam Hussein.

Protegidos com capacetes, os combatentes estão em posição de ataque atrás de barreiras de sacos de areia, sobre os quais têm montadas metralhadoras e lança-granadas, dirigidas às pontes e acessos por onde possa surgir o inimigo.

Alguns habitantes abasteceram-se no fim da tarde nas poucas mercearias e frutarias abertas.