Saddam convocava iraquianos à resistência

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 7 de maio de 2003 as 08:54, por: cdb

Em uma fita supostamente gravada nesta semana pelo presidente deposto do Iraque Saddam Hussein, uma voz cansada conclama o povo a rejeitar os “invasores” e promete que a vitória está próxima, de acordo com uma reportagem publicada nesta quarta-feira pelo jornal australiano Sydney Morning Herald.

– Povo iraquiano, grande povo iraquiano – mulheres e homens, e as Forças Armadas iraquianas e todas as pessoas que querem mudar sua atitude com relação a seus inimigos. Eu não quero entrar em detalhes sobre a ocupação, vou me concentrar em como enfrentar esses invasores e expulsá-los do Iraque – afirma o suposto Saddam, no início da gravação.

Dois homens entregaram a fita a repórteres do Herald na segunda-feira, em Bagdá, perto do Hotel Palestine, depois de fracassarem em uma tentativa de abordar correspondentes do canal de televisão árabe Al-Jazeera.

“A fita chegou às nossas mãos por sorte”, declarou à CNN Ed O’Loughlin, um dos repórteres.

– Não acho que seja uma farsa. Essas pessoas não tentaram trocar a informação por dinheiro. Elas nem estavam interessadas em falar comigo. Apenas tentavam descobrir como chegar ao Hotel Palestine – onde jornalistas estão hospedados, acrescentou.

Os homens, ainda segundo o repórter, disseram que esse seria o mais recente discurso de Saddam, supostamente gravado na manhã de segunda-feira.

Não há formas de verificar se a fita foi realmente gravada naquele dia. Nem de comprovar de imediato se a voz é de Saddam, apesar de assim acreditar a maioria dos iraquianos que ouviram a fita, segundo o Herald.

O pronunciamento faz referência a acontecimentos recentes, como o aniversário de 66 anos de Saddam, em 28 de abril, e menciona uma luta secreta contra as forças da coalizão.

– Falo a vocês de dentro do grande Iraque, e digo que a principal tarefa de vocês, árabes e curdos, xiitas e sunitas, muçulmanos e cristãos, todo o povo iraquiano de todas as religiões, sua principal tarefa é expulsar o inimigo de nosso país.

Um vídeo do ex-presidente, divulgado na sexta-feira passada, foi obtido pela Associated Press Television News com um ex-funcionário do canal de televisão iraquiano via satélite que, sob o antigo regime, era o responsável pela filmagem e a distribuição de vídeos oficiais de Saddam.

O ex-funcionário disse que o vídeo foi feito em 9 de abril, o dia em que tropas norte-americanas chegaram ao centro de Bagdá e derrubaram uma estátua em frente ao Hotel Palestine.

Na mais recente fita, o suposto Saddam alega que a maré está se voltando contra as forças norte-americanas e britânicas no Iraque.

– Seu inimigo veio ao Iraque pensando que o povo iraquiano o receberia com flores, mas foi surpreendido. Algumas pessoas estão agora mudando de idéia sobre os norte-americanos e a ocupação. Nós não temos outra opção que lutar e satisfazer a Deus. Nós não podemos ficar tristes e inertes, Deus amará aquele que trabalha pela vitória. A vitória está próxima, se Deus quiser, e é claro que Deus facilitará nossa tarefa porque não há vitória sem o apoio de Deus – afirma