Rumsfeld viaja ao Golfo para analisar futura presença militar

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 26 de abril de 2003 as 11:49, por: cdb

O secretário de Defesa dos Estados Unidos, Donald Rumsfeld, partiu, neste sábado, ao Golfo Pérsico, onde espera conversar com dirigentes dos países neutros da região sobre o período posterior à retirada dos militares norte-americanos, cuja presença foi motivada pela invasão ao Iraque, a fim de derrocar o regime de Saddam Hussein.

Rumsfeld afirmou que os Estados Unidos poderiam reduzir sua presença na região, pois o regime de Saddam já não apresenta uma ameaça aos países vizinhos, como Arábia Saudita e Kuwait.

Por questões de segurança, a duração e as escalas específicas da viagem de Rumsfeld não foram divulgadas, informaram funcionários do Departamento de Defesa.

A viagem do secretário acontece em meio a hostilidades persistentes no Iraque.

O Exército norte-americano agora se dedica a perseguir os ex-funcionários do governo iraquiano, assim como descobrir armas de destruição em massa, o objetivo principal da guerra.

As forças norte-americanas também estão fornecendo ajuda humanitária à população do Iraque e trabalham para preparar o terreno para um governo interino em Bagdá.

Na última sexta-feira (25), Rumsfeld disse que não sabia quanto tempo as forças norte-americanas permaneceriam no Iraque. O secretário disse apenas que seria pelo período necessário para o estabelecimento de um governo no país.