RS: Agricultores assumem o risco pela soja transgênica

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 27 de dezembro de 2003 as 19:26, por: cdb

O Ministério da Agricultura informou, neste sábado, que mais de 80 mil produtores do Rio Grande do Sul assinaram os termos de ajusta de conduta para o plantio de soja transgênica no estado, conforme as regras estabelecidas pelo governo.

A adesão dos agricultores superou as expectativas da equipe do ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues. Pelas estimativas oficiais, apenas 5% de produtores rurais ficaram de fora do acordo.

Os técnicos do ministério chegaram a conclusão também que o Rio Grande do Sul não tem 150 mil produtores de soja geneticamente modificada,como se acreditava inicialmente.

Para conferir a adesão dos agricultores ao termo de ajusta deconduta, uma equipe do ministério fez visitas a 28 propriedades rurais no interior do estado, semana passada. Entre os agricultores visitados de surpresa, apenas um não assinou o contrato.

O Rio Grande do Sul tem importância estratégica na questão dos transgênicos. O estado tem o maior número de plantadores de soja geneticamente modificada do país.

– A quantidade de contratos assinados superou nossas expectativas. É muito pequeno o número de agricultores que não assinou o termo de ajusta de conduta – afirmou Francisco Signor, delegado do Ministério da Agricultura no Rio Grande do Sul.

Os termos de ajusta de conduta são considerados importantes instrumentos de controle da produção de transgênicos.

A partir destes contratos, os agricultores se comprometem a cobrir eventuais prejuízos causados pelas plantações da soja geneticamente modificada a outras pessoas ou ao meio ambiente. A assinatura do documento significa também que os agricultores concordam em informar a natureza do produto aos futuros compradores da soja.

Mas o governo ainda não tem motivos para comemorar. Isto porque a adesão dos agricultores em Santa Catarina e Paraná está sendo considerada irrisória.

Nos dois estados, também centros de produção de soja transgênica, menos de mil agricultores aderiram ao acordo.