Rosinha quer cola de sapateiro na lista dos entorpecentes

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 10 de setembro de 2003 as 22:15, por: cdb

A governadora do Rio de Janeiro, Rosinha Matheus, pediu nesta quarta-feira em encontro com o ministro da Saúde, Humberto Costa, a inclusão da cola de sapateiro na lista de entorpecentes. Conforme a governadora, a medida facilitaria o controle sobre a venda do produto.

Ela informou que está em estudo no estado a criação de uma lei para proibir a venda de cola para menores de 18 anos. “Uma lei para proibir a venda para menor eu sei que é insuficiente.
Mas se colocar na lista de entorpecentes, as coisas ficam diferentes”, declarou a governadora.

Rosinha também pediu ao ministro uma verba de R$ 8 milhões para a reforma dos hospitais Getúlio Vargas, Albert Schweitze, Rocha Faria e Azevedo Lima. De acordo com a governadora, esse dinheiro seria uma espécie de compensação pelo o gasto do estado com funcionários cedidos aos hospitais federais instalados no Rio.

Ela disse que por mês o estado gasta em torno de R$ 1 milhão com o pagamento de funcionários estaduais que trabalham em hospitais federais e bolsistas. “Não queremos tudo de vez, mas se fosse parcelado poderíamos concluir todas as reformas que são necessárias para os nossos hospitais”, disse.