Rosinha apóia força-tarefa com Minas e São Paulo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 10 de novembro de 2003 as 18:55, por: cdb

A governadora Rosinha Garotinho voltou a defender a formação de uma força-tarefa, reunindo Governo Federal, estados e Poder Judiciário no combate à criminalidade. União de forças que ela já havia sugerido aos governadores de São Paulo, Geraldo Alckmin, e de Minas Gerais, Aécio Neves, por ocasião de um seminário no Rio.

– A proposta do Rio em relação à força-tarefa já está nas mãos dos governadores Aécio Neves e Geraldo Alckmin desde setembro, quando participamos do Fórum Nacional de Segurança Pública, realizado aqui no Rio – esclareceu Rosinha.

A afirmação da governadora foi feita no início da tarde desta segunda-feira, após almoçar no Restaurante Popular Herbert de Souza (Betinho), na Central do Brasil, Centro do Rio, quando comentou novamente a proposta do ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, de Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais de atuarem juntos na área de segurança pública.

A união de forças, segundo Rosinha, é a única maneira de o poder público atuar em diversas frentes, combatendo não só a violência urbana, como também o tráfico de drogas e contrabando de armas nas fronteiras do Brasil.  – É preciso investir na inteligência das nossas polícias, combatendo a não só a violência nas cidades, mas também nas nossas divisas – defendeu.

A governadora garantiu estar disposta a ajudar.  – O estado do Rio de Janeiro está disposto a entrar na força-tarefa. Queremos ajudar e nossa colaboração será total – prometeu