Romário vai jogar até marcar mil gols

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 23 de fevereiro de 2003 as 18:25, por: cdb

Os torcedores do Fluminense que já estão se sentindo meio órfãos pela notícia da transferência de Romário para o futebol do Qatar não precisam ficar tão tristes. A promessa do craque de voltar ao Tricolor depois do término do contrato das Arábias, em junho, deve trazer um Baixinho ainda em forma.

Pelo menos é isso que se conclui das palavras do próprio jogador de 37 anos, que afirmou este fim de semana pretender jogar pelo menos até chegar aos mil gols. O craque tem 869 gols e, pelos seus cálculos, deve levar mais dois anos para atingir sua meta.

“Ninguém vai me fazer parar antes do tempo. Botei na cabeça que vou jogar até conseguir fazer mil gols. Só penduro as chuteiras antes se sentir que fisicamente vai ser impossível atingir esse objetivo”, disse Romário numa entrevista exclusiva publicada neste domingo, no Jornal do Brasil.

O Baixinho também revelou que, ao contrário de muitos outros craques do futebol, não pensa em fazer um jogo de despedida para marcar a aposentadoria: “Não vai ter adeus, muito menos jogo de despedida. Paro e pronto; ninguém vai ficar sabendo antes. Pego minha chuteira e vou para casa”, disse.

Confessando-se desiludido com “muita coisa errada” e “muita inveja” que tem visto no futebol, nos últimos tempos, Romário revelou ainda que já quer mais continuar no meio futebolístico quando parar de jogar. “O futebol fora de campo não me dá prazer nenhum”, disse o jogador, que reafirmou a promessa de voltar às Laranjeiras quando terminar seu provável contrato no Qatar: “Se eu me transferir, volto em três meses. Cada dia que passa, gosto mais do clube”.