Romário só vai decidir seu futuro após voltar de Qatar

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 19 de maio de 2003 as 23:13, por: cdb

O destino do atacante Romário depois que voltar do Qatar, onde está desde março, será decidido até o dia 8 de junho. Até lá, o Baixinho vai conhecer as propostas de três clubes cariocas que, segundo o empresário do jogador, Luisinho Moraes, estariam interessados em seu futebol.

Falando de Doha, capital do Qatar, à Rádio Brasil, numa entrevista nesta segunda-feira, Luisinho Moraes afirmou que chega ao Brasil nesta quarta-feira para uma série de reuniões decisivas.

– Desembarco no Brasil quarta-feira e tenho um jantar com o Celso Barros, presidente da Unimed (patrocinadora do Fluminense e que pagou os salários do craque, durante a passagem do Baixinho pelas Laranjeiras), e tenho agendados encontros com Flamengo e Vasco – disse Moraes.

O procurador disse que, depois, vai para a Europa se encontrar com Romário – que está na Suíça acompanhando o nascimento de seu filho – no dia 1º de junho para comunicar ao atacante as propostas.

– Quando ele regressar, por volta do dia 8, já vou saber qual é a posição dele e aguardar sua manifestação, lá pelo dia 15 – afirmou o empresário.

Luisinho Moraes não quis entrar em detalhes sobre valores, mas declarou que Romário nunca fez leilão com nenhum clube e vai analisar as propostas pelo que cada um pode oferecer em termos de condições de trabalho.

– Ele estaria bem em qualquer um desses clubes. Fora isso, aqui no exterior também recebemos algumas propostas, mas acho difícil porque ele está sentindo falta dos amigos e da família – acrescentou.

De acordo com o empresário, apesar de não estar atuando pela equipe do Al Sadd, do Qatar, Romário está em forma. Graças a um trabalho com o preparador físico Armando Marcial, o Baixinho está com 72 quilos e quer jogar. “Ele está voando e está motivado”, completou Moraes.