Romário fica no Flu

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 9 de abril de 2003 as 20:59, por: cdb

Romário, que não está em boa fase no futebol árabe, já não esconde que não vê a hora de deixar o Al-Sadd, do Qatar, e voltar ao Brasil, antes mesmo do término do seu contrato, dia 31 de maio. Nesta quarta-feira, porém, num telefonema ao diretor de futebol do Fluminense, Francisco Vasconcellos, o Baixinho decretou o fim do boato de que poderia reeditar a dupla com Edmundo, no Vasco.

“O Baixinho me ligou à tarde e disse que daqui a pouco estará voltando para o Fluminense. Só não sei se ele fica até o final do contrato ou se volta antes. Vamos esperar para ver o que acontece”, revelou o dirigente.

Ansioso, Romário tem telefonado diariamente para pessoas ligadas ao Fluminense, desde o vice de futebol Marcelo Penha e o presidente David Fischel, aos médicos Michael Simoni e Luís Gallo. O técnico Renato Gaúcho, porém, foi o único que ainda não conversou com o atacante.

“Ainda não falei com ele porque não aceito receber ligações a cobrar. Se ele estivesse fazendo os gols, com certeza o príncipe pagaria suas ligações”, brincou o treinador, para depois falar seriamente. “É claro que gostaria de ter o Baixinho de volta, mas essa é uma questão para a diretoria analisar”, completou.

ioterapeuta de volta

O fisioterapeuta Fábio Marcelo, que até o começo deste ano trabalhava diretamente com Romário, foi recontratado pelo Fluminense. Ele havia pedido demissão do clube após se desentender com o Baixinho, durante o Campeonato Carioca.

Segundo Fábio Marcelo, sua contratação não irá interferir numa possível volta do atacante ao clube: “Tudo o que passou já ficou para trás. Não tenho nenhum problema com o Romário”, afirmou.