Romário é afastado do Al Sadd

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 12 de abril de 2003 as 16:43, por: cdb

Romário não é mais o atacante do Al Sadd, do Qatar. Ele foi afastado do time e não jogará mais. Para piorar a situação, o presidente do clube, Tamime Bin Hamed, avisou que Romário terá de permanecer no Catar até o término de seu contrato – 31 de maio – por já ter recebido a bolada de US$ 1,5 milhão e não será emprestado para nenhum outro clube da região.

Mas seu procurador acredita que antes disso ele poderá acertar com algum clube brasileiro. “Romário não terá problemas para voltar antes do dia 31 de maio porque gosta do Brasil e tem ofertas de alguns clubes do Rio de Janeiro”, garante o advogado do jogador, Luizinho Moraes. Entre os clubes interessados pelo atacante estão Vasco, Flamengo e Fluminense.

Na sexta-feira, Romário assistiu das tribunas a vitória de sua equipe por 1 a 0 contra o Al-Khour, na abertura da Copa do Príncipe Herdeiro. O gol foi marcado pelo marroquino Youssef Chippo, contratado ao Coventry, da Inglaterra, exatamente para o lugar de Romário.

A passagem do atacante pelo futebol do Golfo Pérsico foi lamentável. Ele não fez nenhum gol, participou de três jogos do campeonato nacional e não venceu nenhum – foram duas derrotas e um empate. Além disso, a chegada de Romário causou ciúme entre os jogadores e a imprensa não poupou críticas ao brasileiro e ao Al Saad.