Rogério não guardou mágoas do Palmeiras

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 1 de março de 2003 as 17:34, por: cdb

Revelado nas categorias de base do Palmeiras, Rogério, até pouco tempo atrás, sempre que podia alfinetava sua ex-equipe. Afinal, para deixar o Verdão, em 2000, o lateral-direito foi obrigado a entrar na Justiça e ficou cerca de três meses afastado dos gramados.

No entanto, às vésperas dos jogos que decidirão o primeiro finalista do Campeonato Paulista, o camisa dois mudou o discurso.

“Não guardo mais mágoas. Tenho muitos amigos lá dentro e a minha única preocupação é defender e ajudar o Corinthians”, disse.

A declaração é bem diferente daquela dada por Rogério assim que o Verdão foi rebaixado no Campeonato Brasileiro. À época, o jogador disparou. “Por um lado, fico até feliz. Como diz aquele antigo ditado – aqui se faz, aqui se paga”, afirmou .

Ressentimentos à parte, o atleta acredita que o confronto será uma final antecipada. “São dois times que estão em ascensão e poderiam decidir o título. Pena que nos encontramos agora”, comentou.

Pelo Timão, Rogério jamais perdeu para o Palmeiras. “Não sinto um gostinho especial quando os enfrento. Gosto de vencer porque a torcida fica feliz e repercute muito. Apenas isso”, finalizou.