Rodrigo Fabri repreende Danrlei

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 12 de fevereiro de 2003 as 15:10, por: cdb

O meia Rodrigo Fabri, do Grêmio, que pode retornar à equipe no jogo do próximo sábado – dependendo do julgamento que ocorrerá na tarde desta quarta-feira, no Tribunal de Justiça Desportiva – não aprovou a atitude de Danrlei no clássico Gre-Nal do último domingo, quando esse novamente se envolveu em confusão com a arbitragem. Fabri repreendeu o companheiro, dizendo que ele deve se limitar à sua função de goleiro, para não prejudicar o restante do time.

“É um excelente goleiro e precisamos dele lá na meta, defendendo, pois no caso de se envolver em confusão ou ofender um árbitro, podemos perdê-lo”, afirmou Rodrigo Fabri.

No ano passado, Danrlei já esteve suspenso de jogos internacionais, desfalcando o time de março a dezembro, por ter dado um pontapé no auxililar Walter Rial, durante o jogo contra o 12 de Outubro do Paraguai, pela Libertadores da América.

A “cabeçada” que Danrlei deu no árbitro reserva Marcelo Toffanello está gerando comentários e críticas também no Internacional. O experiente zagueiro André Cruz comentou nesta quarta-feira que discutir com um árbitro é algo comum, até porque o diálogo, mesmo que às vezes acirrado, é necessário em alguns momentos das partidas, “mas o que não pode ocorrer jamais é a agressão”.

O procurador do Tribunal de Justiça Desportiva, Fábio Barrichello, já analisou a fita com as imagens da cabeçada de Danrlei, mas ainda não decidiu se vai oferecer a denúncia. Em caso afirmativo, o goleiro pode ser punido com 60 dias ou até um ano de suspensão.