Roberto Freire critica presidente do PT

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 28 de dezembro de 2003 as 20:45, por: cdb

O presidente do PPS, deputado Roberto Freire (PE), criticou nesta sábado o presidente do PT, José Genoino, por ter dito que o ministro Ciro Gomes (Integração Nacional) e o governador Eduardo Braga (Amazonas) representam o governo dentro do seu partido. “Sempre entendi o contrário, que os dois fossem os representantes do PPS dentro do governo”, disse Freire.

Ele aconselhou ainda Genoino a não avançar sobre os outros partidos que dão apoio ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Genoino tem de parar de intervir nas questões internas dos outros partidos, porque isso cria problemas na base de sustentação do governo”, disse Freire.

Ele afirmou ainda que toma todo o cuidado com as declarações de Genoino, de que não busca cooptar governadores de outros partidos para o PT.

– Há experiências recentes que demonstram o contrário do que diz o presidente do PT. O partido nos tomou Raul Filho, principal quadro do PPS em Tocantins, na tentativa de se fortalecer- disse Freire. “Felizmente conseguimos recompor o nosso diretório, porque o PT o havia esfacelado”.

Há, entre os partidos, a suspeita de que em nome do presidente Lula, Genoino estaria cooptando os governadores do Amazonas; de Alagoas, Ronaldo Lessa (PSB); do Espírito Santo, Paulo Hartung (PSB); e da Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB). Genoino nega.