Robert Scheidt comandará tripulação no Match Race Brasil

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 14 de setembro de 2004 as 15:27, por: cdb

Robert Scheidt, bicampeão olímpico e heptacampeão mundial da classe Laser, volta ao comando de uma tripulação na etapa de Ilhabela do Match Race Brasil, de 16 a 19 de setembro, no litoral norte de São Paulo. Ele havia participado como tático da embarcação de Alan Adler na primeira etapa da competição, em junho, em Búzios, no Rio de Janeiro.

– É muito bom poder voltar a comandar minha equipe. Por outro lado, temos um grupo jovem e a maioria dos meus tripulantes vai estrear na competição – comentou o velejador paulista, de 31 anos, que em setembro, no Rio de Janeiro, conquistou o título de campeão brasileiro de 40.7, justamente o barco utilizado no Match Race Brasil.

Scheidt não poderá contar com seu técnico Cláudio Biekarck como tático do barco. A função será exercida por Bruno Prada, seu amigo e proeiro nas competições da classe Star.

– Estou muito animado para essa etapa de Ilhabela, onde sempre gosto de competir. Não tivemos tempo para treinar e a tendência é evoluir ao longo do evento – disse.

No Match Race Brasil serão utilizados quatro veleiros Bénéteau 40.7 de aproximadamente 13 metros, com sete toneladas e três velas. Os barcos serão sorteados. Além de Robert, os comandantes das tripulações serão Torben Grael, Alan Adler, André Bochecha Fonseca, João Joca Signorini, Daniel Glomb, Maurício Santa Cruz e o argentino Santiago Lange, ganhador da medalha olímpica de bronze em Atenas, campeão mundial da classe Tornado e tricampeão mundial de Snipe.