Rio será sede da corrida de revezamento da tocha olímpica

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 27 de novembro de 2003 as 12:35, por: cdb

A participação do Brasil nos Jogos Olímpicos de Atenas começa no dia 13 de junho de 2004, um domingo, dois meses antes da cerimônia de abertura do evento. Nesta data, todas as atenções do mundo estarão voltadas para as ruas do Rio de Janeiro, onde 120 brasileiros participarão da Corrida de Revezamento da Tocha Olímpica dos Jogos de Atenas.

Esta é a primeira vez em que a Tocha Olímpica percorrerá todos os cinco continentes e o Rio de Janeiro foi escolhido pelo Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Atenas (ATHOC) e pelo Comitê Olímpico Internacional para representar a América do Sul no evento.

-Hoje é um dia de festa que entra para a História pelo que representa para o esporte brasileiro- disse Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), na cerimônia que marcou o lançamento da Corrida de Revezamento da Tocha no Brasil, nesta quarta-feira(26).

-A partir de agora o Rio de Janeiro representa não somente o Brasil, mas toda a América do Sul na Corrida da Tocha- completou Nuzman.

A Chama Olímpica será acesa no dia 25 de março, no Monte Olímpia, na Grécia. No dia 4 de junho, a tocha deixa Atenas em direção à Austrália, para percorrer mais 33 cidades de 26 países, antes de retornar à Grécia, no dia 9 de julho. A partir desta data, a tocha atravessará o território grego até chegar ao Estádio Olímpico no dia da Cerimônia de Abertura dos Jogos, 13 de agosto.

O início do trajeto da Tocha Olímpica na Cidade Maravilhosa será no Maracanã, por volta das 9 horas. A partir daí, o primeiro dos 120 participantes inicia a Corrida, num trajeto de cerca de 45 quilômetros que deverão ser percorridos em oito horas. O percurso final ainda está sendo desenhado pelo ATHOC, mas a tocha deverá passar pelos bairros de: Maracanã, Rio Comprido, Centro, Lapa, Glória, Catete, Largo do Machado, Botafogo, Jardim Botânico, Lagoa, Gávea, Leblon, Ipanema, Copacabana, Urca e Botafogo.

 -Falo em nome de todos os brasileiros, porque esta escolha pelo Rio de Janeiro mostra que o Brasil está preparado para assumir esta responsabilidade-disse Cesar Maia.

-Com a liderança do COB, nosso país se engrandece cada vez mais no cenário esportivo mundial- afirmou o Prefeito.

Os participantes da Corrida de Revezamento da Tocha serão escolhidos em cada cidade a partir de histórias pessoais de sucesso, vitórias e superação, garantindo assim que a Corrida traduza os ideais olímpicos por todo o mundo. O processo de escolha deverá seguir algumas regras: é proibida a participação de menores de 12 anos, além de candidatos a cargos políticos, políticos e autoridades governamentais.

O judoca Carlos Honorato, medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Sydney, foi anunciado como o primeiro dos 120 selecionados para a corrida.

-Foi uma surpresa para mim e eu me sinto muito honrado em carregar um dos maiores símbolos dos Jogos Olímpicos- comemorou Honorato.

Cada corredor deve percorrer um trecho que terá entre 300 e 500 metros, aproximadamente. Ao final de seu trajeto, o participante acende a tocha do próximo corredor, e assim sucessivamente.

-A idéia é criarmos um grupo que represente o que a sociedade brasileira tem de melhor, não apenas esportivamente. Além disso, teremos a participação da comunidade grega no Brasil, conforme sugerido pelo ATHOC- explicou Carlos Arthur Nuzman, antecipando que o COB irá convidar os presidentes dos outros Comitês Olímpicos Nacionais que compõem a Odesur (Organização Desportiva Sul-Americana) para acompanharem o evento no Rio de Janeiro.

O lema oficial da Corrida é “Mantenha a Chama acesa, una o mundo”, anunciado nesta quarta-feira no Rio.

-Estou orgulhosa de que o retorno dos Jogos Olímpicos á Grécia está possibilitando que a Corrida de Revezamento da Tocha alcance novos territórios, chegando ao Brasil e à América do Sul pela primeira vez-disse Gianna Angelopoulos-Daskalaki, presidente do Comitê Organizador dos Jogo