Rio promove debate sobre HIV-Aids

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 21 de junho de 2016 as 15:09, por: cdb

Com o evento, os organizadores esperam promover a qualificação dos profissionais da Atenção Primária em Saúde para prevenção, diagnóstico e tratamento do HIV

Por Redação, com agências de notícias – do Rio de Janeiro:

A Secretaria Municipal de Saúde carioca (SMS) promove nesta quarta-feira,  a 11ª sessão de 2016 do Ciclo de Debates da Subsecretaria de Promoção, Atenção Primária e Vigilância em Saúde (SUBPAV), com o tema: “Nos tempos de HIV/Aids #TesteeTrate.” A programação conta com debates sobre diversas questões relacionadas ao tema, palestras e lançamento do Guia Rápido de Infecção pelo HIV/Aids.

O Ciclo de Debate da SUBPAV é voltado para profissionais da rede municipal de saúde
O Ciclo de Debate da SUBPAV é voltado para profissionais da rede municipal de saúde

O objetivo do encontro é apresentar as diretrizes e estratégias para o enfrentamento da infecção pelo HIV, destacar os avanços e desafios na linha de cuidado, tendo como foco a coordenação do cuidado pela Atenção Primária em Saúde (APS), discutir as possibilidades de abordagem das populações vulneráveis para prevenção e cuidado às pessoas que vivem com HIV/Aids, apresentar o Guia Rápido de Infecção pelo HIV/ Aids como ferramenta do cuidado na APS, além de fortalecer o uso da Profilaxia Pós-Exposição (PEP) enquanto estratégia de prevenção e sua importância durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016.

Com o evento, os organizadores esperam promover a qualificação dos profissionais da Atenção Primária em Saúde para prevenção, diagnóstico e tratamento do HIV, para uma abordagem mais ampla no acompanhamento integral dos pacientes e o fortalecimento do cuidado compartilhado pelos profissionais de saúde no enfrentamento da infecção.

O Ciclo de Debate da SUBPAV é voltado para profissionais da rede municipal de saúde e é aberta para todos que queiram participar e o encontro será realizado no Auditório da Associação Brasileira de Odontologia (ABO-RJ), na Rua Barão de Sertório, 75, Rio Comprido. Os interessados devem se inscrever pelo link: http://goo.gl/forms/8Hj8T9Yp095QUht33.

Atendimento à mulher

A cidade de Araruama, na Região dos Lagos, ganhou, na segunda-feira, um Núcleo de Atendimento à Mulher (Nuam), na 118ª Delegacia de Polícia. No espaço, uma sala reservada no prédio da unidade, mulheres vítimas de violência serão atendidas 24 horas por uma equipe multidisciplinar, formada preferencialmente por policiais do sexo feminino, e encaminhadas para o Centro de Referência do Município para atendimento psicológico e social.

As obras foram realizadas em parceria entre a Polícia Civil e a Prefeitura de Araruama. O objetivo do Nuam é melhorar o atendimento às mulheres que sofrem qualquer tipo de violência. Além da ampliação e reforma do espaço, o núcleo conta com uma viatura cedida pela prefeitura para atender demandas da Lei Maria da Penha.

Participaram da inauguração, o delegado-titular da unidade, Luiz Henrique Marques Pereira; a diretora da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher (DPAM), delegada Marcia Noeli; o diretor do Departamento Geral de Polícia do Interior (DGPI); o prefeito da Araruama, Miguel Jeovani; e a subsecretária de Políticas para as Mulheres, Marizete Ramos Waineraich.