Rio inaugura delegacia para reprimir pirataria

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 7 de julho de 2003 as 16:17, por: cdb

O secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, inaugurou na tarde desta segunda-feira, a Delegacia de Repressão a Crimes contra a Sociedade e Material (Delegacia Antipirataria), que vai funcionar no bairro de São Cristóvão, Zona Norte da cidade. O objetivo é combater o crime de falsificação de produtos. A estimativa é de que o estado perca, somente nos setores de refrigerante e cerveja, cerca de R$ 300 milhões de arrecadação. A indústria de tabagismo, sozinha, perde R$ 50 milhões.

O deputado federal Josias Quintal informou que a estimativa de perda de arrecadação, em todo o país, chegue a US$ 10 bilhões, segundo dados do Sindicato dos Auditores Fiscais. O secretário Anthony Garotinho disse que há uma profunda interligação entre as quadrilhas que atuam no Paraguai e nos grandes centros brasileiros, como Rio e São Paulo. Para combatê-las, será necessário que as polícias do Brasil e daquele país troquem informações, disse Garotinho. Na solenidade, ele anunciou que o Rio será candidato a sediar os Jogos Olímpicos de 2012.