Rio ganha Centro de Treinamento da Ginástica Artística

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 5 de abril de 2012 as 07:34, por: cdb
Ginastica Artistica
Centro foi inaugurado, na Barra da Tijuca, com instalações e equipamentos nos moldes dos melhores do mundo

O Centro de Treinamento da Ginástica Artística do Rio foi inaugurado na quarta-feira, com instalações e equipamentos nos moldes dos melhores do mundo. Montado no espaço do Parque Aquático Maria Lenk, na área central do Velódromo, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, o centro segue o modelo do que já foi testado com sucesso em países europeus, como Bélgica, Portugal e Reino Unido.

A cerimônia de inauguração reuniu o prefeito do Rio, Eduardo Paes, o presidente do Comitê Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, a secretária municipal da Pessoa com Deficiência, Gerogette Vidor, o secretário municipal de Esportes e Lazer, Romário Galvão, a presidente da Confederação Brasileira de Ginástica, Maria Luciene, a seleção brasileira de ginastas, entre outras autoridades.

– É muito legal ter aqui no Rio de Janeiro um Centro de Treinamento de Ginástica com essa qualidade. Isso vai se consolidando porque aqui no futuro vai ser o Centro Olímpico de Treinamento do país. Isso está previsto na Parceria Público Privada que nós fizemos com o Parque Olímpico, ou seja, está garantido, já contratado e com obras iniciando ainda nesse semestre”, afirmou o prefeito. O legado que fica aqui é o do Centro Olímpico de Treinamento de alto rendimento – afirmou o prefeito.

O novo Centro de Treinamento de Ginástica Artística foi baseado no modelo de Stuttgart, na Alemanha, que é considerado um dos melhores do mundo. No local, as seleções masculina e feminina poderão treinar simultaneamente.

– É um sonho realizado de ver o Centro Olímpico de Treinamento da Ginástica do Brasil aqui no Rio de Janeiro. Podemos criar em um local que vem sendo utilizado em diversas modalidades e mostrar que essas instalações são multiuso. Isso será um grande legado dos Jogos Olímpicos para os atletas brasileiros – comentou Nuzman em discurso, afirmando que o Rio de Janeiro será a maior transformação de uma cidade na história dos jogos olímpicos.

Entre os equipamentos de ginástica instalados no local estão os utilizados nos Jogos Pan-americanos Rio 2007 (que ficaram como legado para a cidade), além dos adquiridos recentemente pelo Comitê Olímpico Brasileiro. Em uma segunda fase, ainda no primeiro semestre deste ano, o novo CT de Ginástica Artística também abrigará outras modalidades, como os saltos ornamentais e o salto com vara.

– Torcíamos por um lugar que fosse da seleção brasileira, da confederação, que não tivesse os clubes envolvidos, para que tivéssemos uma casa onde todos pudessem frequentar. Agora já temos a Casa da Ginástica Brasileira. O que a gente espera é que isso acabe se multiplicando. Os atletas estão tendo agora a segurança de que dentro do seu país eles podem treinar tranquilamente nas melhores condições – disse a secretária Georgette Vidor, que foi treinadora da seleção de ginástica durante 14 anos.

Além dos aparelhos de ginástica, o local conta com salas de descanso, salas para guardar bicicletas, refeitório, sala de força e condicionamento com aparelhos específicos para as modalidades, departamentos médico e fisioterápico, vestiários e salas multiuso.

O Centro de Treinamento de Ginástica Artística também poderá ser utilizado por atletas de outros países, através de intercâmbio e períodos de treinamento específicos.

Comments are closed.