Rio deverá ganhar novo plano diretor para a cidade em 2010

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010 as 09:04, por: cdb

A cidade do Rio de Janeiro terá novo plano diretor para substituir o atual, de 1992, considerado defasado por especialistas como Augusto Fernandes, coordenador de Projetos da Fundação Getulio Vargas. O plano deveria ter sido revisto após dez anos, o que não ocorreu.

Contratada pelo Instituto Pereira Passos, vinculado à prefeitura carioca, a FGV Projetos elabora estudos sobre a sustentabilidade no desenvolvimento da cidade do Rio, para subsídio à comissão especial que cuida da revisão do plano diretor, em tramitação na  Câmara de Vereadores. O assunto será discutido no dia 1º de março, durante o Fórum Pacto Carioca, quando serão apresentados os resultados das 14 oficinas realizadas em janeiro, dentro das dimensões previstas de sustentabilidade social, econômica, ambiental, urbana, de governança e de lideranças sociais.

“Nós vamos levar ao fórum todas as propostas  que foram conduzidas durante as oficinas para ratificar ou retificar alguma coisa, em complemento aos trabalhos desenvolvidos”, disse Fernandes. O especialista ressaltou a importância do novo plano ante a proximidade da realização de eventos importantes no Rio de Janeiro, entre os quais os Jogos Mundiais Militares, a Copa do Mundo de Futebol e as Olimpíadas de 2016.

“Se você tem um plano diretor que dê sustentabilidade a todos esses eventos, é uma coisa que vem colaborar. A cidade estaria preparada. O plano diretor estaria reconhecendo todas as  necessidades que temos para os próximos anos”, observou.

A previsão é de que o projeto estará concluído para ir a  votação em plenário na Câmara entre o fim de março e o início de abril deste ano. O parecer final será dado pelo prefeito Eduardo Paes. A expectativa é de que ainda em 2010 a capital fluminense tenha seu novo plano.