Rio deve aproveitar estrutura da Copa para Olimpíada de 2016

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 25 de outubro de 2009 as 14:57, por: cdb

Para a Olimpíada de 2016 no Rio de Janeiro, o governo federal com apoio dos governos estadual e municipal, vai usar a estrutura e a organização montadas para a Copa do Mundo de 2014. A previsão inicial é de que a cidade receba cerca de R$ 23 bilhões de investimentos em infraestrutura, dos quais R$ 11,1 bilhões serão aplicados diretamente para a execução nos jogos.

Um dos principais projetos é o trem de alta velocidade, ligando o Rio a São Paulo e Campinas (no interior paulista), com conclusão prevista até 2015. O financiamento estimado é R$ 20 bilhões, mas as obras devem chegar a um total de R$ 34,6 bilhões.

O planejamento de projetos reúne a organização de um escritório de negócios no Rio com a contratação de uma equipe de apoio para articular oportunidades de investimentos. Serão construídos corredores para a ligação de linhas de ônibus expresso.

Outra proposta é a construir no píer na Praça Mauá – no centro da cidade – área de lazer e entretenimento com 30 mil metros quadrados, englobando quiosques, restaurantes, anfiteatro e espaço multiuso.

Também  há projetos de reflorestamento e recuperação de áreas verdes associado ao programa de recuperação ambiental da Bacia de Jacarepaguá. Nas escolas, será ampliado o ensino de inglês para os alunos da rede municipal.