Rio das Ostras sedia Campeonato Mundial de Jiu Jitsu

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 8 de junho de 2016 as 15:36, por: cdb

A previsão é de que 1200 atletas de vários países estejam presentes no evento. “Já temos a confirmação de lutadores brasileiros de São Paulo, Pernambuco, Bahia e Rio de Janeiro

Por Redação, com agências de notícias:

No próximo sábado Rio das Ostras vai se transformar na capital do jiu jitsu com a realização do Campeonato Mundial da modalidade, Região dos Lagos 2016, que acontecerá no Ginásio Benedito Zarour, em Jardim Mariléa, a partir das 9h. A competição reúne atlestas das categorias infanto-juvenil até a master e vai contar pontos para o ranking da Confederação Brasileira de Jiu Jitsu Olímpico.

No próximo sábado Rio das Ostras vai se transformar na capital do jiu jitsu com a realização do Campeonato Mundial da modalidade, Região dos Lagos 2016
No próximo sábado Rio das Ostras vai se transformar na capital do jiu jitsu com a realização do Campeonato Mundial da modalidade, Região dos Lagos 2016

De acordo com Marcio Vieira, organizador do evento, o objetivo do campeonato é difundir ainda mais o esporte no interior do Estado do Rio de Janeiro. “As regiões dos Lagos e Serrana contam com grande atletas e trazer um evento mundial para Rio das Ostras é uma forma de divulgar ainda mais o esporte na região”, disse.

A previsão é de que 1200 atletas de vários países estejam presentes no evento. “Já temos a confirmação de lutadores brasileiros de São Paulo, Pernambuco, Bahia e Rio de Janeiro, é claro, além de atletas da França, Estados Unidos, Chile e Argentina. Um dos atletas de ponta que estarão presentes no evento é o lutador de Rio das Ostras, Ricardo Capoeira, que vinha dando aulas desse esporte para o exército de Abu Dabi.

Ilha Grande

Porta de entrada da Ilha Grande, a Vila do Abraão vai receber intervenções de infraestrutura como reurbanização, drenagem e saneamento, entre outros serviços, em uma área de 517 mil metros quadrados. As obras serão coordenadas pela Câmara Metropolitana de Integração Governamental, por meio de investimento de R$ 28,3 milhões financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), como parte do Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur).

Os principais objetivos do projeto são, além da melhoria da infraestrutura da Ilha, atrair mais negócios para a geração de emprego e renda para a população local e consolidar o turismo na região. Para o diretor-executivo da Câmara Metropolitana, Vicente Loureiro, após as intervenções, a Vila do Abraão poderá receber até 15 mil pessoas por dia, contando com os quatro mil moradores do local.

– Queremos melhorar o atendimento aos turistas e, para isso, vamos precisar limitar a quantidade de visitantes diários à Ilha para garantir a qualidade dos serviços e preservar a unidade de conservação – disse Loureiro.

O projeto de revitalização recebeu licenciamento de diversos órgãos ambientais. As obras devem começar ainda este mês, com previsão de conclusão em 16 meses.

Melhorias

Na orla da Vila do Abraão, estão previstos um espaço para a realização de festas e eventos, alargamento de um trecho da calçada para instalação de mesas e cadeiras, implantação de nova sinalização turística e reforma de pontes. Duas praças serão reformadas e toda a fiação de iluminação será embutida.

Para o saneamento básico, são previstos 19 mil metros de dutos para a drenagem das águas pluviais, ampliação da Estação de Tratamento de Água (ETA), construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), com capacidade para 24 litros por segundo, e seis elevatórias.

– Hoje, o esgoto e as águas pluviais correm na mesma tubulação. Vamos separar as redes para garantir mais balneabilidade e sustentabilidade para a área – acrescentou o diretor-executivo da Câmara Metropolitana.