Rio apresenta cartazes da campanha contra o tráfico de pessoas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 27 de julho de 2016 as 13:39, por: cdb

A ação já tinha sido desenvolvida pela Comissão Nacional de Direitos Humanos do México, que cedeu o material ao Governo do Rio

Por Redação, com ARN – do Rio de Janeiro:

 

Foram apresentados, nesta quarta-feira, no Palácio Guanabara, os cartazes que serão distribuídos pela cidade do Rio de Janeiro, como mais uma iniciativa da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, no âmbito da Semana do Coração Azul, contra o tráfico de pessoas.

Os cartazes também serão divulgados virtualmente
Os cartazes também serão divulgados virtualmente

A ação já tinha sido desenvolvida pela Comissão Nacional de Direitos Humanos do México, que cedeu o material ao Governo do Rio. Na ocasião, Maria Yuriria Alvarez Madrid, representante da Comissão Nacional de Direitos Humanos do México, vai apresentar a experiência de combate ao tráfico de pessoas em seu país.

A iniciativa vai se estender até as Olimpíadas e, em setembro, a distribuição será focada nos CRAS (Centros de Referência da Assistência Social) e CREAS (Centros Especializados de Referência da Assistência Social) de todo o estado. A ideia é capacitar as equipes dos dois equipamentos para que os profissionais saibam identificar e acolher as pessoas envolvidas em casos de tráfico de pessoas. Os cartazes também serão divulgados virtualmente.

A iniciativa se soma ao lançamento da edição 2016 do Movimento Gift Box, que alerta a população para o tráfico de pessoas, e aconteceu na segunda-feira, no Aeroporto Internacional Tom Jobim. A Gift Box ficará no local até o dia 29 de julho; no Museu do Amanhã, de 23 a 28 de agosto e no Armazém 1 do Cais do Porto, de 1º a 6 de setembro.

Sumiço de crianças nos Jogos

O Programa S.O.S Crianças Desaparecidas, do governo fluminese, distribuiu nesta quarta-feira pulseiras de identificação para crianças na Central do Brasil. Está sendo entregue também material informativo sobre o desaparecimento de crianças.

O objetivo é conscientizar a população sobre formas de evitar o desaparecimento de menores de idade, especialmente em um período de grande circulação de pessoas, como os Jogos Olímpicos Rio 2016, que começam no dia 5 de agosto, na cidade do Rio de Janeiro.

A Central do Brasil é o principal ponto de concentração de transporte público no centro da cidade do Rio de Janeiro, por onde circulam milhares de pessoas diariamente. No local, há trem, metrô e ônibus.