Rio 2016: três brasileiros são eliminados no tiro com arco

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 9 de agosto de 2016 as 12:52, por: cdb

No feminino, Ane Marcelle dos Santos garantiu vaga para as oitavas de final. A disputa ocorre na próxima quinta-feira contra a britânica Naomi Folkard

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro:

 

Três brasileiros competiram nesta terça-feira no Sambódromo do Rio de Janeiro nas disputas do tiro com arco, Daniel Xavier, Bernardo Oliveira e Sarah Nikitin. Os três foram eliminados, mas o Brasil volta a competir ainda nesta terça, com Marcus D’Almeida que tenta a classificação contra Jake Kaminski, dos Estados Unidos.

O Brasil nunca ganhou medalha olímpica no tiro com arco
O Brasil nunca ganhou medalha olímpica no tiro com arco

No feminino, Ane Marcelle dos Santos garantiu vaga para as oitavas de final. A disputa ocorre na próxima quinta-feira contra a britânica Naomi Folkard.

O primeiro eliminado foi Daniel Xavier. O brasileiro conseguiu boas notas e chegou a ganhar um dos sets, mas perdeu para o sul-coreano Seungyun Lee por 6 a 2. No tiro com arco, a disputa é em melhor de 5sets, cada arqueiro tem três flechas por set e cada set vale dois pontos.

Bernardo Oliveira ganhou a primeira disputa contra o australiano Alec Potts, por 6 a 4. Mas, na segunda rodada, perdeu para o chileno Ricardo Soto por 7 a 1.

A brasileira Sarah Nikitin foi eliminada pela atleta Kang Un Ju, da Coreia do Norte, por 6 a 0.

O Brasil nunca ganhou medalha olímpica no tiro com arco.

Polo aquático

A seleção feminina de polo aquático do Brasil perdeu nesta terça-feira, para a Itália por 9 a 3, na estreia do time nos Jogos Olímpicos. A partida foi disputada no Centro Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro.

Pela primeira fase, no Grupo A, o Brasil enfrenta a Rússia na próxima quinta-feira e a Austrália no sábado. Fazem parte do Grupo A, o Brasil, Itália, Rússia e Austrália. O Grupo B do polo aquático feminino teve hoje a primeira partida com vitória da Hungria sobre a China: 13 a 11.

Nesta terça-feira, foi o primeiro dia de jogos do pólo aquático feminino. As equipes masculinas iniciaram a competição no último sábado.

Rio 2016 registra 15 marcas olímpicas

Mais cinco recordes olímpicos foram superados na segunda-feira nos Jogos Rio 2016. Desde a última sexta, quando começaram as competições que envolvem recordes, já foram quebradas 15 marcas olímpicas e sete mundiais.

Dos recordes quebrados na segunda-feira, três foram na natação. A húngara Katinka Hosszu concluiu a eliminatória dos 200 metros medley em 2 minutos e 7,45 segundos. No sábado, a nadadora já tinha quebrado os recordes olímpico e mundial nos 400 metros medley.

Nadadores

Outras duas marcas olímpicas foram superadas pelos nadadores norte-americanos Ryan Murphy, que fechou os 100 metros costa masculino em 51,97 segundos, e Lilly King, que nadou os 100 metros peito feminino em 1 minuto e 4,93 segundos. Os dois conseguiram a medalha de ouro com esses tempos.

No levantamento de peso, a tailandesa Sukanya Srisurat levantou 110 quilos na prova de arranco, na categoria até 58 quilos. Na prova de carabina de ar 10 metros, o atirador italiano Niccolo Campriani estabeleceu um novo recorde olímpico ao conquistar 630,2 pontos. Tanto a tailandesa quanto o italiano conquistaram o ouro.