Rins de dom Cappio demonstram sinais de alteração

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 18 de dezembro de 2007 as 21:31, por: cdb

Os rins do bispo de Barra (BA), dom Luiz Flávio Cappio, 61 anos, são os primeiros órgãos do religioso a demonstrar sinais de alteração após seus 21 dias de greve de fome, completados ontem, contra a transposição das águas do rio São Francisco.

Testes laboratoriais divulgados nesta terça-feira em Sobradinho (540 km de Salvador), onde d. Luiz jejua, revelam sinais de alteração nas funções renais. Segundo boletim divulgado pelo médico que acompanha o bispo, frei Klaus Finkam, a alteração “merece maior observação, no sentido de melhorar a diurese”.

Finkam disse que ainda não há comprovação de danos renais. O médico afirmou que d. Luiz “continua apresentando fragilidade física”, com perda de mais meio quilo em 24 horas. Seu peso era de 64 kg ontem, 8,5 kg a menos do que quando iniciou o protesto.

O boletim informa ainda que o bispo “reafirmou seu propósito de continuar o jejum”. Essa decisão levou o médico a submeter a Cappio um termo de responsabilidade em que ele declara querer manter a greve de fome, apesar de ter sido alertado sobre os riscos do jejum prolongado ao organismo. O documento, assinado pelo bispo, será renovado todos os dias.