Rincón e Ronaldo marcam na despedida de Zamorano

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 23 de dezembro de 2003 as 09:24, por: cdb

A seleção de astros do futebol internacional, incluindo o atacante Ronaldo e recém-contratado do Corinthians Freddy Rincón, venceu a equipe dos craques chilenos por 5 a 2, na noite desta segunda-feira, em Santiago. O jogo marcou a despedida do atacante Iván Zamorano, de 37 anos.

Os 60 mil espectadores que foram ao estádio Nacional de Santiago viram a seleção internacional marcar com Zamorano – que jogou um tempo por cada equipe -, Ronaldo, Santiago Solari, David Pizarro e Rincón. Para o time dos chilenos, descontaram com Mauricio Pinilla e Sebastián González.

Os torcedores aplaudiram especialmente a dupla de ataque formada por Ronaldo e Zamorano, que nos primeiros oito minutos de jogo marcou dois gols. O homenageado despediu-se da torcida dando a volta olímpica enrolado em uma bandeira do Chile, enquanto o público o aplaudia de pé e soltava fogos.

– Acredito que foi uma festa merecidíssima. Ele dedicou a vida ao futebol – disse Ronaldo. “Sem dúvida alguma, Iván corresponde à imagem de ídolo do Chile e figura internacional que deu muito ao futebol”.

O combinado internacional jogou com Roberto Rojas (José Luis Chilavert); Carlos Gamarra, Iván Córdoba, Darío Husaín, Javier Zanetti, José Emilio Amavisca, Valderrama (David Pizarro), Santiago Solari, Andrés D’Alessandro (Freddy Rincón), Ronaldo (Marco Antonio Etcheverry) e Iván Zamorano (Emilio Butragueño). O técnico foi Vicente Cantatore.

O time com os astros do Chile foi comandado por Manuel Rodríguez e atuou com Nelson Tapia (Sergio Vargas), Cristián Álvarez (Gabriel Mendoza), Rafael Olarra (Pedro Reyes), Rodrigo Pérez (Ricardo Rojas); Claudio Maldonado (Nelson Parraguez), Rodrigo Meléndez, Marcelo Vega (Manuel Neira) e José Luis Sierra (Moisés Villarroel); Sebastián González (Reinaldo Navia), Mauricio Pinilla e Héctor Tapia (Iván Zamorano) (Eduardo Rubio).