Retomada do consumo no Rio pode melhorar vendas de fim de ano

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 29 de outubro de 2003 as 14:35, por: cdb

A retomada do consumo no Rio de Janeiro pode representar uma injeção de ânimo para o comércio e indicar um resultado melhor nas vendas de fim de ano. A pesquisa Perfil Econômico do Consumidor (PEC), realizada pelo Instituto Fecomércio-RJ, revelou que, de setembro para outubro, aumentou o número de consumidores que incorporou às suas compras novos produtos de subsistência (alimentação, higiene e limpeza). As despesas com essas compras passaram de 58,21% para 60,48%. Foram entrevistados 3.151 moradores da Região Metropolitana do Rio de Janeiro entre os dias 15 e 21 de outubro.

Para Orlando Diniz, presidente da Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio-RJ), ao qual é vinculado o instituto de pesquisa, este é um sinal positivo da retomada do consumo. Segundo ele, desde dezembro, não se registrava um percentual tão alto de consumidores informando que aumentou o volume de suas compras. Os consumidores também mostraram mais equilíbrio no pagamento de suas contas fixas (luz, telefone, gás, etc). O maior percentual de inadimplência em contas fixas, também em outubro, ficou entre as famílias com renda mensal de até dois salários mínimos. A conta do telefone fixo continuou sendo a que mais deixa de ser paga.