Resistência talebã volta a atacar base norte-americana no Afeganistão

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 14 de fevereiro de 2002 as 01:02, por: cdb

Tropas americanas trocaram tiros nesta quarta-feira com uma milícia talebã que ainda resiste em Kandahar. Cerca de 20 homens armados atacaram a base militar americana no Afeganistão. Ninguém saiu ferido do combate e os autores do ataque não foram identificados. Os disparos contra a base começaram logo depois que anoiteceu. Os americanos responderam fogo com metralhadoras e tiros de morteiros.

Equívoco

Helicópetos Apache também foram enviados para procurar os autores dos disparos. Na confusão que se formou após o incidente, sete afegãos foram presos por engano.

Eles eram, na verdade, membros da força de segurança que patrulhavam a região que fica ao redor da base americana.

“Uma vez que suas identidades foram determinadas, eles foram soltos”, disse o comandante americano Frank Merriman. Testemunhas contaram que explosões e tiros puderam ser ouvidos na região por cerca de meia hora.

Segundo o Exército americano, três atiradores teriam fugido em um veículo após o ataque, que foi considerado “ineficaz”. Essa é segunda vez que a base em Kandahar é atacada. Em janeiro, um avião de transporte C-17 foi alvo de tiros quando partia para Guantánamo, em Cuba, com 20 prisioneiros.