Requião afasta três policiais por uso excessivo de força

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 19 de maio de 2003 as 17:06, por: cdb

O governador do Paraná, Roberto Requião, determinou o afastamento do major-comandante do 6º Batalhão da Polícia Militar, em Cascavel, Irineu Osires Cunha, do tenente Marco Aurélio de Carvalho, do mesmo batalhão, e do aspirante Eliseu Gonçalves, de Foz do Iguaçu, por considerar que houve excesso na desocupação de uma fazenda em Lindoeste.

Segundo o governador, o uso de força na operação foi desnecessário e exorbitante. “Atitudes como esta não serão toleradas pelo governo do Estado”, avisou. Na avaliação de Requião, não havia necessidade do uso de força e nem das medidas colocadas em prática na desocupação.

Foi determinada a abertura de um Inquérito Policial Militar (IPM) para apuração dos fatos e que o inquérito seja acompanhado pelo Ministério Público. A decisão foi compartilhada pelo comandante-geral da PM, coronel David Pancotti.