Republicano Colin Powell endossa Obama para segundo mandato

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 25 de outubro de 2012 as 12:13, por: cdb

Republicano Colin Powell endossa Obama para segundo mandato

Por Susan Heavey

WASHINGTON, 25 Out (Reuters) – O ex-secretário de Estado norte-americano Colin Powell endossou nesta quinta-feira a candidatura do presidente dos EUA, Barack Obama, para a reeleição, citando os esforços do presidente democrata para diminuir a guerra no Afeganistão e combater o terrorismo.

“Eu acho que devemos continuar no caminho que estamos”, disse o republicano, que também apoiou Obama em 2008, ao programa “This Morning” da CBS. “Eu votei nele em 2008 e eu pretendo continuar com ele em 2012.”

O comentário foi feito poucos dias depois de Obama e o rival republicano Mitt Romney discordarem sobre a política externa no terceiro e último debate presidencial antes da eleição de 6 de novembro.

As pesquisas mostram Obama e Romney bem próximos. Uma pesquisa Reuters/Ipsos online deu a Romney uma vantagem de 1 ponto na quarta-feira, com 47 por cento contra 46 por cento de Obama.

A campanha de Obama foi rápida em promover o endosso com uma declaração em vídeo divulgada cerca de 30 minutos depois da aparição de Powell.

Powell criticou a política externa de Romney como inconsistente e questionou a capacidade do ex-governador de Massachusetts para lidar com o déficit e com os cortes na defesa.

“Eu não tenho certeza de qual governador Romney nós teríamos no que diz respeito à política externa”, disse Powell, chamando a política externa de Romney de “um alvo em movimento”.

Quanto ao orçamento dos EUA, ele acrescentou: “Essencialmente, vamos cortar impostos e compensar isso com outras coisas, mas essa compensação não cobre todos os cortes pretendidos ou as despesas associadas com a defesa”.

Powell tem criticado os conselheiros de política externa de Romney e reclamou da postura do ex-executivo de negócios sobre países como a Rússia.

Um republicano moderado, Powell atuou no cargo durante o mandato do presidente George W. Bush. Alguns dos conselheiros de Romney são veteranos mais conservadores da administração Bush.

“Há algumas visões neoconservadoras muito, muito fortes que são apresentados pelo governador com as quais eu tenho alguns problemas”, disse Powell na CBS.

Ele acrescentou que outras questões como a economia e educação também têm grande importância em seu contínuo apoio para um segundo mandato de Obama.

Reuters