Repórter falsificador do New York Times prepara livro-vingança

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 25 de maio de 2003 as 14:12, por: cdb

Jayson Blair, o ex-repórter do jornal New York Times acusado de ter falsificado dezenas de artigos, prepara um livro no qual acusará o jornal de racismo e “revelará” segredos da redação, informa neste domingo o jornal nova-iorquino Newsday.

No livro, o jornalista explicará sua queda e o fato de ser viciado em drogas, com detalhes escabrosos como “as festas de cocaína no quinto andar da redação” ou a história do “editor surpreendido na cama com uma estagiária”, segundo a mesma fonte.

O Newsday afirma ter obtido uma cópia de oito páginas da história de Blair, na qual ele chama o Times de “meu torturador, minha outra droga, meu amo” e admite que “realmente cometeu um erro” ao encher seus artigos de plágios e mentiras.

Blair, afro-americano de 27 anos, foi alvo de uma notícia de capa do Times, mais quatro páginas internas, no qual o jornal citava todas as mentiras e erros de seus artigos.

A notícia do livro de Blair foi revelada depois da divulgação de que o jornal suspendeu por duas semanas um de seus principais repórteres, o vencedor do prêmio Pulitzer Rick Bragg, segundo informou a Columbia Journalism Review.