Repórter da Al-Jazira é interrogado na Espanha

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 8 de setembro de 2003 as 11:42, por: cdb

Um correspondente da TV árabe Al-Jazira que entrevistou Osama Bin Laden pouco depois dos ataques de 11 de setembro foi interrogado por um juiz espanhol nesta segunda-feira, sob a acusação de ter vínculos com a Al-Qaeda. Tayseer Alouni foi detido na semana passada na casa dele em Granada (sul da Espanha) por ordem do juiz Baltasar Garzón. Alouni é acusado de pertencer à Al-Qaeda, acusação essa negada com veemência pela mulher e por colegas dele.

Alouni, um sírio que, segundo a Al-Jazira, possuía também cidadania espanhola, é acusado de passar mensagens secretas para integrantes da Al-Qaeda na Europa e de entregar dinheiro a eles. O jornalista é suspeito de pertencer à mesma célula de Imad Eddim Barakat Yarkas, conhecido como Abu Dahdah, atualmente detido na Espanha sob acusação de ter participado dos ataques de 11 de setembro de 2001.

Alouni foi levado para Madri para ser interrogado por Garzón, juiz que ficou conhecido depois de ter conseguido deter, na Grã-Bretanha por vários meses, o ex-ditador chileno Augusto Pinochet. Garzón também conduz o caso de Dahdah. A prisão de Alouni foi criticada por grupos árabes de defesa dos direitos humanos e por colegas dele na Al-Jazira.