‘Relação entre Bush e Schroeder nunca será como antes’ diz Rice

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 24 de maio de 2003 as 09:27, por: cdb

Condoleezza Rice, conselheira americana para a segurança nacional, disse que a relação entre o presidente americano George W. Bush e o chanceler alemão Gerhard Schroeder, fria desde a crise iraquiana, “nunca será como antes”, em entrevista à revista Focus que estará nas bancas na próxima segunda-feira.

– Nos esforçamos para melhorar as relações com a Alemanha a todos os níveis (…) mas o fazemos deixando de lado o chanceler, que preferimos deixar por fora – acrescentou a Focus.

Além disso, Rice disse que o presidente Bush opina que “a trajetória de (Joschka) Fischer (ministro alemão de Relações Exteriores) não convém ao perfil de homem de Estado”.

Nos anos 70, Joschka Fischer trabalhou ao lado de seu amigo Daniel Cohn-Bendit no grupo de esquerda “Combate Revolucionário” em Frankfurt (oeste).

As relações diplomáticas entre Alemanha e Estados Unidos esfriaram desde o verão passado depois da categórica oposição de Schroeder à guerra no Iraque.

A visita a Berlim na semana passada do secretário de Estados americano Colin Powell, primeiro membro do governo Bush a se encontrar com Schroeder desde o afastamento, não rompeu o gelo, apesar das iniciativas da parte alemã.