Reforço de policiais da Penha e do Alemão é por tempo indeterminado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 10 de dezembro de 2012 as 12:58, por: cdb
A medida foi tomada após uma série de confrontos entre policiais das UPPs da região e bandidos

A CPP (Coordenadoria de Polícia Pacificadora) informou que o reforço de PMs de 20 UPPs nos Complexos da Penha e do Alemão, na Zona Norte do Rio de Janeiro, será mantido por tempo indeterminado. A medida foi tomada após uma série de confrontos entre policiais das UPPs da região e bandidos em novembro e início de dezembro.

No sábado, o comércio dos dois conjuntos de favelas foi fechado por ordem de bandidos. No domingo, as lojas, principalmente bares e padarias, abriram as portas e tiveram movimento normal. De acordo com informações de moradores, a ordem de fechar as portas teria partido de bandidos por causa da morte de dois suspeitos de tráfico durante um tiroteio na noite de sexta-feira.

De acordo com informações do portal R7, policiais da UPP Nova Brasília, no Complexo do Alemão, foram até a localidade Areal, conferir uma informação passada pelo Disque-Denúncia de que elementos armados mantinham uma família refém dentro de uma residência. Ainda segundo a denúncia, os bandidos estavam armados e com drogas. Duas viaturas com oito policiais estavam chegando ao local quando se depararam com cinco homens que atiraram contra os PMs.

Os policiais revidaram e dois bandidos foram atingidos, levados para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Complexo do Alemão, onde morreram. Com os suspeitos foram apreendidos duas pistolas, uma 9 mm e outra 45 mm, dinheiro e drogas.A ocorrência foi registrada na Delegacia da Penha (22ª DP). As equipes das UPPs do Complexo do Alemão fizeram cercos na região em busca dos outros criminosos, mas ninguém foi preso.