Rebelião com reféns em Salvador já dura 30 horas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 5 de dezembro de 2003 as 14:15, por: cdb

Já dura 30 horas a rebelião no Corpo 2 da Penitenciária Lemos de Brito, em Salvador, onde os presos continuam mantendo quatro reféns. Por volta das 9h desta sexta-feira foram retomadas as negociações, interrompidas na noite passada, entre a Polícia Militar e os rebelados. A situação, no entanto, permanece calma. Os rebelados mantêm como reféns dois detentos, que trabalham na cozinha, e dois agentes penitenciários.

O motim é contra a implantação, ocorrida na última terça-feira, do Regime Disciplinar Diferenciado (RDD), nova lei que impõe mais rigor em presídios brasileiros e acaba com regalias de presos considerados de alta periculosidade, como a redução do banho de sol e das visitas íntimas para uma vez ao mês. A medida atinge 62 presos da Lemos de Brito. Policias dos Batalhões de Choque continuam no local.