Rebeldes matam prefeito pró-russo na Chechênia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 2 de setembro de 2003 as 11:44, por: cdb

O chefe da administração pró-russa da cidade de Chechen Aul (ao sul de Grozny) morreu nesta terça-feira em um ataque de um grupo de rebeldes, enquanto dois policiais chechenos foram mortos em um confronto com os separatistas. O prefeito de Chechen Aul, Saipudi Tsitsaiev, morreu em sua residência ao ser atacado por um grupo de cinco rebeldes durante a madrugada. Os dois policiais foram mortos em um ataque de rebeldes contra seu posto de controle na cidade de Nojei-Iurt (Sudeste), na noite passada.

O chefe da administração chechena pró-russa, Ajmad Kadyrov, acusou os combatentes separatistas de intensificar a atividade para “criar um clima de medo” a um mês da eleição presidencial organizada na Chechênia pelas autoridades russas. “Nos últimos tempos, quase diariamente matam funcionários, líderes espirituais e policiais” chechenos, declarou Kadyrov.