Racismo: Conar recomenda alterar propaganda do azeite Gallo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 9 de março de 2012 as 12:34, por: cdb

O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) considerou nesta quinta-feira (8) que uma campanha publicitária da Azeite Gallo pode ser interpretada como racista e, por isso, sugere a alteração do texto publicitário.
Peça feita pela AlmapBBDO é alvo de críticas nas redes sociais
Apesar de ter sido veiculado no ano passado, foi na última semana que o anúncio ganhou espaço nas redes sociais, embora de maneira negativa, impulsionado pelo debate sobre o conteúdo ser ou não racista. 

Segundo o Conar, a publicidade veiculada em revistas apresentava a embalagem do produto com o texto: “O nosso azeite é rico. O vidro escuro é o segurança”. Mais abaixo da imagem, a campanha afirmava que a nova embalagem preservaria o azeite dos efeitos oxidantes da luz.

Na decisão, o conselho considerou que a propaganda não é racista, mas pode ser interpretada como tal. Cabe recurso. Apesar disso, o entendimento do Conar é administrativo – o órgão não pode exigir que a empresa cumpra a decisão.

Em nota, a agência de publicidade responsável, a AlmapBBDO diz que não recebeu o teor oficial da decisao do Conar e “como o anúncio foi veiculado no ano passado e não voltará à mídia, a agência não pretende recorrer da decisão do Conselho”.

Da Redação do Vermelho

 

..