Queda no preço da gasolina garante recuo da inflação medida pelo IPC-S

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 1 de junho de 2007 as 12:54, por: cdb

A queda no preço da gasolina e o aumento menor do litro do álcool nos postos foram os principais responsáveis pelo recuo da inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) em maio.

Segundo a FGV, o IPC-S recuou de 0,31% em abril para 0,25% em maio. Nesse mesmo período, a gasolina apresenta deflação de 0,12%, enquanto o litro do álcool subiu 0,18%. Os dois combustíveis respondem por aproximadamente 30% dos gastos com transportes e foram os principais responsáveis pela queda da inflação.

Também apresentaram deflação os grupos alimentação (-0,01%) e educação e recreação (-0,12%). Entre os alimentos, o tomate registrou a maior queda, de quase 30%. Por outro lado, o leite tipo longa vida teve a maior alta e subiu mais de 8%.

Os outros grupos apresentaram os seguintes resultados: despesas diversas (0,49%), vestuário (0,36%), habitação (0,49%) e saúde (0,71%).