Quatro trabalhadores da Ecopetrol são liberados pela ELN

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 31 de dezembro de 2003 as 03:35, por: cdb

A guerrilha do ELN libertou na última terça-feira quatro trabalhadores da petroleira estatal colombiana Ecopetrol que mantinha seqüestrados desde o último dia 12 em uma região da fronteira nordeste com a Venezuela, informaram as autoridades.

Os cativos foram postos em liberdade em San Pablo, nas montanhas de Teorama, 700 quilômetros de Bogotá, no departamento (estado) limítrofe de Norte de Santander.

Segundo disseram fontes do governo regional em Cúcuta, capital departamental, os trabalhadores regressaram sãos e salvos a seus domicílios na cidade.

Os libertados são Jairo Manuel Medina, Raúl Flórez, Jairo Aguilar e Apolinar Vera, empregados da Empresa Colombiana de Petróleos (Ecopetrol) na mesma região.

Uma frente do Exército de Libertação Nacional (ELN) manteve os trabalhadores cativos, que segundo as fontes foram devolvidos sem nenhum pagamento ou troca de favores.

Essa é a terceira libertação em massa que o mesmo grupo realiza nas últimas duas semanas, depois da entrega de cinco estrangeiros -quatro israelenses e um britânico- que retinha desde setembro ao norte do país, e de quatro contratistas do governo e um funcionário seqüestrados no começos de dezembro nas selvas do noroeste.