PT transfere prévia para 17 de março

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 28 de janeiro de 2002 as 23:07, por: cdb

O PT decidiu, em reunião da executiva nacional, em São Paulo, adiar a prévia de 3 de março, que havia sido definida em dezembro, para 17 de março. A decisão, segundo o presidente nacional do partido, deputado José Dirceu (SP), foi tomada por causa do assassinato do prefeito de Santo André, no Grande ABC (SP), Celso Daniel (PT), dia 20. “Fizemos uma avaliação política frente aos acontecimentos e estamos completamente voltados para o esclarecimento da morte do prefeito Celso Daniel. Além da questão da segurança, verificamos que seria melhor adiar, já que estamos em cima do carnaval”, disse.

A alteração da data, segundo Dirceu, teve o consentimento dos pré-candidatos a presidente Eduardo Suplicy e Luiz Inácio Lula da Silva. “Consultamos o senador Suplicy e ele concordou com o adiamento”, disse. Em relação a Lula, Dirceu afirmou que, antes da reunião da comissão executiva, ele informou à cúpula do partido que não daria a opinião sobre a prévia. O presidente de honra da legenda relutou em participar da prévia. Para ele, a prévia não deveria acontecer, uma vez que o nome dele ou de qualquer outro petista deveria ser consenso na sigla.

Segundo o presidente nacional da agremiação, durante o encontro da executiva, foram aprovados todos os itens sobre os custos da prévia. Segundo ele, a divulgação, as viagens e a parte operacional do evento de 17 de março custarão R$ 500 mil ao PT. “O preço é irrisório”, finalizou.