‘PT me pegou para Cristo’, lamenta o deputado Lindberg Farias

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 28 de abril de 2003 as 18:46, por: cdb

O deputado Lindberg Farias (PT-RJ) afirmou que a direção do partido está querendo criar um Cristo para justificar a falta de apoio de parte do partido à proposta de taxação dos servidores inativos.

– Eles discutiram na Casa Civil o afastamento de um dos líderes do partido. Não dá para conversar com o Brizola, que é um líder da esquerda, e dá pra conversar com ACM e Sarney? – questionou Lindberg.

O deputado garantiu que não abrirá mão de suas idéias e, ao lado do PC do B e do PDT, formará um grupo para se posicionar mais à esquerda do governo.

Lindberg reclamou também que um dos vice-líderes do governo, Professor Luizinho (PT-SP), desqualificou-o em público, bem como à senadora Heloísa Helena e ao deputado Babá (PT-PA).

Lindberg afirmou que o grupo vai se reunir na noite desta segunda-feira para definir estratégias, mas ele mantém a convicção de que é preciso entrar com uma ação judicial contra a propaganda do governo federal sobre a reforma previdenciária.

Ele mostrou, inclusive, uma decisão do juiz Rafael Soares, da 22ª Vara de Justiça Federal do DF, que proibiu, em abril de 2002, a veiculação de propaganda do governo federal sobre alterações à Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).