PT mantém decisão de não responder a críticas de Serra

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 15 de outubro de 2002 as 17:45, por: cdb

O líder do PT na Câmara, deputado João Paulo Cunha, disse que o PT não responderá à provocação do candidato da coligação José Serra, que no seu programa eleitoral de ontem exibiu a atriz Regina Duarte manifestando medo de um eventual governo petista. O programa eleitoral gratuito de Lula desta terça-feira, no entanto, já mudou de tom, com críticas duras ao desempenho da Saúde no governo FHC.

Para o deputado, o comando de campanha de Serra insinua que o eleitorado brasileiro não sabe votar. “O Lula teve a maior parte dos votos no primeiro turno. Então o que a Regina Duarte e o Serra querem dizer é que o povo não sabe votar, acreditando nele (Lula)?”

O líder petista disse que a campanha vai manter a mesma linha utilizada até agora, em seus programas, ressaltando que o candidato é o único capaz de unir vários aliados e que tem condições de executar as mudanças necessárias no País.

O deputado Walter Pinheiro (PT-BA) também reagiu à campanha deflagrada por José Serra. “O Serra está querendo dizer que garantia de segurança é votar nele? Isso não faz o menor sentido. Tanto é que quem conhece não vota nele. A prova disso foram os votos nas urnas no primeiro turno”, afirmou.

Cunha rebateu também as acusações de que Lula rejeita a participação em debates. Segundo o líder, o candidato está dando prioridade às campanhas de rua, devendo visitar os oito estados onde o PT disputa o segundo turno. Além disso, lembrou, Lula já confirmou presença no debate da TV Globo no próximo dia 25.