PT faz primeira reunião do Diretório

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 12 de março de 2003 as 16:29, por: cdb

Os 84 membros do Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) fazem, no próximo final de semana, a primeira reunião do ano. O encontro é também o primeiro desde a posse do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Assim como Lula, outros integrantes do governo fazem parte do Diretório Nacional. Entre eles, destaque para os ministros José Dirceu (Casa Civil), Cristovam Buarque (Educação), Ricardo Berzoini (Previdência), Marina Silva (Meio Ambiente), Luiz Dulci (Secretário Geral da Presidência), Humberto Costa (Saúde), Benedita da Silva (Assistência e Promoção Social), Tarso Genro (Secretário de Desenvolvimento Econômico e Social), Olívio Dutra (Cidades) e Marco Aurélio Garcia (assessor internacional da Presidência). O ministro da Fazenda, Antônio Palocci, não integra o Diretório Nacional.

A presença dos ministros é esperada, mas não confirmada pelo PT. Segundo a assessoria do partido, a vinda de Lula e dos ministros depende da agenda deles.

A reunião do Diretório será realizada em um hotel da Vila Mariana, na zona sul da capital paulista, no próximo sábado e domingo das 10h às 19h. Segundo o PT, no encontro do sábado haverá informes sobre as políticas de governo, especificamente questões ligadas à economia, reforma da Previdência e o programa de combate à fome, Fome Zero.

Ainda de acordo com o partido, no domingo será definida a nova Comissão Executiva Nacional do PT e a diretoria da Fundação Perseu Abramo. Os ministros que integram a Executiva, como é o caso de Dirceu, deverão se desligar da comissão.

Também no domingo, serão apresentadas propostas para que o PT realize seminários com temas como as reformas da Previdência e Tributária.

A reunião do Diretório será comandada pelo presidente do PT, José Genoino. Além dele, de Lula e de alguns ministros, fazem parte do grupo políticos como a prefeita de São Paulo, Marta Suplicy, os senadores Eduardo Suplicy, Aloízio Mercadante e Heloísa Helena.

Radicais

Entre os assuntos a serem discutidos na reunião do final de semana, está também a proposta de realização de uma conferência econômica para os membros da legenda.

A proposta deverá ser apresentada por integrantes da Democracia Socialista, uma das correntes mais à esquerda do PT da qual faz parte, entre outros, a senadora Heloísa Helena. A informação de que a senadora levará a proposta ao encontro é da própria assessoria dela.

A conferência teria como objetivo informar aos integrantes da legenda as medidas adotadas pela equipe econômica do governo, principalmente a elevação nas taxas de juros.

“Não é apenas a ala radical do partido que está descontente com os rumos da política econômica e com os juros altos”, disse um dos integrantes do partido.

Caso a proposta de realização do encontro seja aprovada, a idéia a fazer uma conferência restrita apenas ao petistas. A reunião poderá contar com a presença de Palocci, além de outros economistas de renome.