PT diz que expulsará filiados condenados pela Justiça

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 5 de maio de 2015 as 12:47, por: cdb
PT
Rui Falcão diz que Qualquer petista que ao final do processo for julgado culpado será expulso

O PT divulgou nas redes sociais, na manhã desta terça-feira, a propaganda partidária que fala sobre uma nova política contra a corrupção. Na peça, o presidente da legenda diz que o partido agora ameaça expulsar filiados que forem julgados culpados em processos penais. A programa também será transmitida nesta noite em cadeia nacional de rádio e TV.

– Por isso também, o PT não aceita que alguns setores da mídia queiram criminalizar todo partido por causa de erros graves de alguns filiados – diz o presidente da sigla, Rui Falcão, na peça.

Em seguida, um ator reitera: “Você ouviu. Qualquer petista que ao final do processo for julgado culpado será expulso”. A propaganda não menciona diretamente a Operação Lava Jato, mas ressalta que ”precisamos ter consciência” de que há membros de vários partidos sendo investigados, ”inclusive de oposição”. E defende que a Justiça deve ser para todos, ”não apenas para quem está no PT”.

Em reação às acusações contra o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, o partido também levantou a bandeira contra o fim do financiamento privado. A presidente Dilma Rousseff não fara parte do programa. Já o ex-presidente Lula vai usar o espaço para atacar o projeto de terceirização, condenado pelas centrais sindicais.

Além disso, a propaganda relembra as conquistas dos brasileiros nos últimos anos, diz lutar para manter as conquistas, conquistar ainda mais e corrigir o que for preciso.

A peça também conta com depoimentos de pessoas beneficiadas por programas sociais criados pelos governos do PT como Programa Universidade Para Todos (Prouni), Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), Mais Médicos, Minha Casa, Minha Vida.

Ao fim da propaganda, o PT volta a defender o fim do financiamento empresarial de campanhas e convida as outras legendas a seguirem o mesmo exemplo.