PT aceita estabelecer limites para aumento de impostos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 8 de setembro de 2003 as 11:23, por: cdb

O presidente nacional do PT, José Genoino, afirmou nesta segunda-feira que as críticas de governadores e empresários à reforma tributária são injustas. Ele afirmou que o PT aceita estabelecer limites para não haver riscos de aumento excessivo de impostos para os Estados e prefeituras.

“A coisa mais difícil no Brasil é o consenso sobre a reforma tributária. Estamos simplificando as alíquotas do ICMS, desonerando as exportações, a pequena produção e o investimentos produtivo. Garantimos a progressividade no imposto sobre herança o buscamos o equilíbrio entre os entes da federação. É uma proposta avançada”, avaliou.

Genoino disse que o partido aceita limitar a possibilidade de aumentos de impostos no futuro, uma das principais críticas à proposta de reforma tributária. “Esse barulho é sobre o que pode aumentar no futuro. O PT topa estabelecer limites para não haver riscos para os estados e prefeituras”, disse.