Protestos contra Bush tomam as ruas de Londres

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 19 de novembro de 2003 as 18:52, por: cdb

Vigiados por helicópteros, franco-atiradores nos telhados e milhares de policiais, algumas centenas de ruidosos manifestantes protestaram, na tarde desta quarta-feira, contra a visita do presidente Geoge W. Bush num desfile bem-humorado no centro de Londres.

Diante do Palácio do Buckingham, onde o presidente visitante e sua mulher foram recebidos pela rainha Elizabeht II com pompas e cerimônias, a polícia manteve os manifestantes atrás de barreiras de metal, a certa distância dos portões.

Bush e sua mulher, Laura, que chegaram ao palácio na noite de ontem, percorreram numa caravana motorizada os 100 metros que separam a residência real de um pátio interior, onde foram recebidos pela rainha, seu marido, o príncipe Phillip, o primeiro-ministro Tony Blair e outros dignatários

Os londrinos se queixam do fechamento de ruas, causados pela visita presidencial, mas os protestos foram, até agora, poucos. A verdadeira força da oposição a Bush poderá evidenciar-se amanhã, quando o grupo Coalizão Contra a Guerra espera reunir pelo menos 100.000 manifestantes para desfilar em frente do Parlamento e do gabinete do primeiro-ministro Tony Blair.

Algumas centenas de ingleses realizaram um “desfile alternativo”, percorrendo as margens do Rio Tâmisa até a Praça Trafalgar. Liderados por uma carruagem puxada por cavalos, com um homem disfarçado de Bush e uma mulher fantasiada de rainha, eles gritavam slogans como “Resista, resista, Bush e Blair são terroristas”.