PROJETO TRIPULANTES DO FUTURO GANHA FAROL EM SUA NOVA SEDE

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 28 de fevereiro de 2012 as 08:22, por: cdb

Utilizados desde a antiguidade, os faróis foram concebidos para avisar aos navegadores que eles estavam se aproximando da terra. Construído em frente ao Centro Vocacional Tecnológico – Tripulantes do Futuro, inaugurado no mês de janeiro, o farol vicentino tem, a partir de agora, outro objetivo: “apontar para jovens formados pelo projeto, e mostrar que eles estão saindo da terra para encarar novos desafios em alto-mar. Afinal, cerca de 300 estudantes devem recebem a qualificação para trabalhar em cruzeiros marítimos por ano”, explica a secretária de Assistência Social, Márcia Garcia.

Os números revelam a grandiosidade do equipamento: são 12 metros de altura e cerca de cinco toneladas de estrutura. Em menos de um mês, uma equipe de arquitetos, pedreiros, serralheiros, pintores, eletricistas e carpinteiros colocou o empreendimento de pé. Uma lâmpada de vapor metálico de 1.000 watts ajuda a iluminar, literalmente, o futuro dos jovens vicentinos.

Estrutura do CVT – Tripulantes: A nova sede do projeto tem o formato de uma embarcação, o primeiro piso é voltado para o entretenimento. É nele que está o laboratório de restaurante, com cozinha e bar, onde os alunos aprendem a rotina de trabalho em cruzeiros, enquanto outros aprendizes assistem aos companheiros aprendendo as novas funções. Existe também um espaço onde as pessoas são servidas ao som de música ao vivo e um auditório, com capacidade para 120 pessoas, no qual serão ministradas oficinas e workshops.

No segundo andar estão as duas salas de recrutamento que serão utilizadas pelas parceiras do projeto, a MSC e a Royal Caribbean. Além deste local onde serão feitas as entrevistas com os estudantes antes de embarcarem, é nesse piso que se encontram as quatro salas teóricas e as duas cabines que reproduzem os quartos de um navio. São nelas que os alunos colocarão em prática os ensinamentos. Há também dois almoxarifados. Já na parte externa, estão localizados guarda-sóis e cadeiras que simulam a proa de uma embarcação.