Projeto Quatis promove educação ambiental no Parque das Mangabeiras

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 9 de março de 2012 as 16:09, por: cdb

Com a convicção de que é preciso conhecer para respeitar e cuidar, estudantes da Universidade Federal de Minas Gerais, integrantes do Projeto Quatis, realizam, no Parque das Mangabeiras, atividades de educação ambiental com alunos da Escola Municipal Senador Levindo Coelho. Por meio de jogos, rodas de conversas e trilhas ecológicas, as crianças têm a oportunidade de aprender mais sobre os quatis, conhecidos habitantes da área verde, sobre sua importância para o meio ambiente e sua relação com visitantes do Parque e moradores da região.

Carnívoros de médio porte, os quatis vivem em bandos e possuem hábitos oportunistas. Estudos realizados pelo grupo, há cinco anos, dentro do Parque das Mangabeiras, revelaram que, por serem alimentados pelos visitantes e por não terem predadores no local, estes mamíferos tiveram sua população aumentada significativamente, causando alterações drásticas nas comunidades de pequenos vertebrados e acarretando conflitos com as pessoas, como mordidas, arranhões e roubo de alimentos.

De acordo com a coordenadora executiva do Projeto Quatis, Nadja Simbera, a conscientização sobre as condições de vida deste animal é fundamental para sua sobrevivência equilibrada dentro do Parque. Nesse sentido, além das atividades com os alunos, moradores dos bairros Mangabeiras e Vila Marçola e funcionários do Parque também estão participando deste trabalho de educação ambiental. “Em breve, haverá uma distribuição de cartilhas com dicas sobre a preservação da biodiversidade e o uso sustentável do Parque”, contou Nadja.

A atividade, realizada toda segunda-feira, das 13h30 às 15h30, no Centro de Educação Ambiental do Parque das Mangabeiras, desde o fim de fevereiro, é apoiada pela OI Futuro e conta com a participação de duas estudantes de Ciências Biológicas e uma de Ciências Socioambientais da Universidade Federal de Minas Gerais.